Escolha uma Página

Fala-se muito sobre os benefícios das terapias naturais, especificamente da Homeopatia. Saiba, neste artigo, o que é e qual a evolução da Homeopatia em Portugal.

A homeopatia baseia-se na ideologia de tratar o semelhante usando o semelhante, isto é, tratar o problema com aquilo que o causou mas em doses diluídas. Esta terapia surgiu no séc. XVIII, criada por Samuel Hahnemann, numa altura em que a medicina tradicional já não conseguia dar as respostas e os resultados necessários.

Este médico acreditava que uma determinada substância que é capaz de causar sintomas num indivíduo saudável também é capaz de originar uma cura para alguém com esses sintomas. Para tal, ao longo da história da homeopatia, as substâncias foram sendo testadas nos próprios indivíduos, para criar os sintomas e, assim, foi evoluindo.

A Homeopatia pode ser usada em qualquer tipo de problemas e mesmos na redução dos efeitos colaterais causados pela medicina tradicional, como a quimioterapia e outros. Pode ser usada por indivíduos de todas as idades e até em animais.

Como outras terapias alternativas, esta baseia-se numa perspetiva holística, em que o terapeuta deve observar a pessoa (e o problema da mesma) como um todo e não como a soma das partes. Este princípio era, também, defendido por Hipócrates, o pai da medicina tradicional.

Em Portugal, a Homeopatia ganhou força em 1984, quando foi criada a Associação Portuguesa de Homeopatia. Em 2003, é criada uma lei que enquadra a Homeopatia como uma terapia. A medicação homeopática é, neste momento, reconhecida pelo Infarmed e é utilizada cada vez mais, seja como complemento à medicina tradicional ou como única forma de tratamento.