Select Page

Desvitalizada, irritada, envelhecida, baça, desnutrida… A sua pele costuma ressentir-se dos estragos causados pelo stresse, pela luz azul, pelo sol, pelo vento, pela chuva ou pelo frio? Então, chegou a altura de mimá-la, antes que seja tarde de mais! Utilizar protetor solar diariamente, não se expor ao sol durante as horas de maior calor, usar chapéu, ingerir água com regularidade… Já conhece estas recomendações de cor e salteado mas acaba sempre por abusar. Não é? E, depois, a sua derme é que paga!

Os raios ultravioleta alteram a estrutura cutânea, atacando as fibras de elastina e de colagénio responsáveis pela sua elasticidade. A pele fica desidratada, irritada e/ou com um aspeto desvitalizado. Se não combater de forma adequada todos estes danos, para além de não salvaguardar a barreira cutânea que defende a epiderme, pode sofrer um envelhecimento prematuro. A sua pele precisa agora, mais do que nunca, de cuidados extra, com substâncias que a defendam, como é o caso destas cinco.

  1. Aloé vera

Rico em polissacáridos, ingredientes que acalmam e protegem a pele, é anti-irritante e antioxidante. Auxilia a epiderme a reter a água que assegura a sua hidratação e tem propriedades cicatrizantes. Para além de inúmeros cremes de rosto e/ou de corpo e séruns, é presença regular em géis de banho, champôs e amaciadores.

  1. Rosa-mosqueta

Com uma ação regenerante, drenante, anti-idade e anti-rugas e, sobretudo, cicatrizante, é outra das plantas usadas pela indústria da beleza. Rico em vitaminas, antioxidantes e ácidos gordos essenciais, o óleo extraído das pétalas desta flor é presença regular nas formulações de inúmeros cosméticos.

  1. Ácido hialurónico

Muito utilizado pela indústria dermocosmética desde a sua descoberta, confere elasticidade e volume à pele, devolvendo-lhe firmeza e brilho. São, atualmente, muitos os produtos de beleza que incorporam este ingrediente na sua formulação.

  1. Centelha-asiática

É outro dos ingredientes da dermocosmética. Tem um grande poder cicatrizante e propriedades anti-inflamatórias reconhecidas pelos dermatologistas. Tem uma ação tonificante e vasodilatadora. Estimula a produção de colagénio e revitaliza a cútis.

  1. Óleo de jojoba

As ceramidas presentes na sua formulação reparam e estimulam a regeneração celular e retêm a água na pele, nutrindo-a em profundidade. Para além dos cosméticos, também está presente em produtos de cuidados capilares.